Prova de Vida do INSS! Agora é obrigatória! Veja o calendário!

Em primeiro lugar, face à pandemia da Covid-19, desde março de 2020 a prova de vida do INSS estava suspensa, tendo em vista que, grande parte dos segurados que precisavam realizar o procedimento, faziam parte do grupo de risco. Atualmente, segundo o órgão federal, cerca de 36 milhões de pessoas devem realizar a prova de vida anualmente, para continuar a receber seus benefícios.

Primordialmente, a prova de vida voltou a ser uma exigência indispensável para pensionistas e aposentados do INSS. A princípio, tem o objetivo de evitar as possíveis fraudes nos pagamentos e, dessa forma, garantir a manutenção segura do benefício a se pagar.

Segundo o diretor de Benefícios do órgão, haverá uma escala de divisão no programa para a prova de vida, em vários meses, para que as pessoas não precisem ir aos bancos, de forma concentrada para realizar o desbloqueio do benefício. Dessa forma, haverá um escalonamento para realizar o recadastramento, de maneira gradual e coordenada.

Nesse sentido, ainda em decorrência de continuidade da situação da pandemia, acontecerá o revezamento dos prazos de vencimento da prova de vida do INSS. De modo que, o recadastramento possa se realizar presencialmente, de uma forma mais segura. Segurados deverão recadastrar senhas dos cartões em que recebem o benefício, para continue a ter validade.

 

Sobre a realização da prova de vida

A princípio, a prova de vida do INSS pode se realizar no banco onde o segurado recebe o benefício ou, por alguma impossibilidade da ação presencial e, possuir condições, poderá fazer a domicílio, através do aplicativo do INSS. De acordo com, Leonardo Rolim, presidente do INSS, falta em média 11 milhões de pessoas para regularizar a sua situação no Instituto Nacional do Seguro Social. Com efeito, cerca de 24 milhões de segurados, dos 35 milhões existente, já fizeram a prova de vida, entre os 35 milhões existentes no cadastro.

Prova de vida presencial      

Inicialmente, a prova de vida do INSS pode se realizar no banco que se recebe o benefício. Entretanto, os beneficiários que já possuírem a biometria cadastrada, podem realizar o procedimento nos caixas eletrônicos.

Alguns bancos aceitam qualquer tipo de transação, como prova de vida, por exemplo, o extrato bancário que se retirar em um caixa eletrônico.

Por outro lado, um beneficiário que não possui biometria cadastrada na agência bancaria, pode agendar dia e horário, para realizar o cadastro. Dessa forma, irá facilitar a realização da prova de vida do INSS, evitando, inclusive, aglomerações desnecessárias.

Prova de vida em casa 

Beneficiários com mais de 80 anos, podem solicitar pelo telefone 135 do INSS, a visita em residência, ou outro local, para realização da prova de vida do INSS. Bem como, beneficiários com idade a partir de 60 e, com alguma dificuldade de locomoção, devidamente comprovada por atestado médico, também se enquadram nesta prerrogativa.

Os segurados que não podem ir até a agência ou mesmo, a um caixa eletrônico, também podem acessar o Meu INSS, para agendar a prova de vida na residência. Ficou em dúvidas acesse o site oficial do Meu inss aqui.

 

O Calendário

Vencimento da prova de vida do INSS                  Novo prazo para o recadastramento

Março e abril/2020                                                         junho/2021

Maio e junho/2020                                                         julho/2021

Julho e agosto/2020                                                       agosto/2021

Setembro e outubro/2020                                             setembro/2021

Novembro e dezembro/2020                                        outubro/2021

Janeiro e fevereiro/2021                                                 novembro/2021

Março e abril/2021                                                          dezembro/2021