Mudanças no WhatsApp! Entenda mais sobre as alterações!

Primeiramente, desde o início do ano, o maior aplicativo de mensagens apresentou uma nova política de privacidade. O objetivo é de desenvolver uma comunicação empresarial melhor e, dentro das mudanças no WhatsApp, enriquecer a troca de dados entre aplicativos do Facebook.

A princípio, houve algum atraso nessas mudanças no WhatsApp, porém, a política entrou em vigor no mês de maio. Segundo a administração do aplicativo, a recusa de usuários pode retirar, gradualmente, as funcionalidades essenciais, por exemplo, o acesso à lista de bate-papo.

Da mesma forma, pelo site oficial, o WhatsApp confirmou que o uso dos recursos do aplicativo teria limitações, até que o usuário aceite os Termos de Serviço e a Política de Privacidade. No entanto, nem todos os usuários terão essas mudanças em simultâneo.

Por outro lado, de acordo com as declarações sobre as mudanças no WhatsApp, a não aceitação dos novos termos, implicará na perda gradual no acesso livre. Embora, se isso ocorrer, a conta do usuário continuará a existir, segundo a companhia.

Em conclusão, as mudanças no WhatsApp referem-se sobre as novas regras do aplicativo, que permitem o envio de dados de interações entre usuários e contas comerciais para empresas do Facebook. Nesse sentido, essas mudanças eram para acontecer em fevereiro deste ano. Entretanto, depois receber duras críticas de usuários, instituições reguladoras e, inclusive de autoridades governamentais, o processo sofreu um tempo em adiamento.

As mudanças no WhatsApp nos termos do aplicativo

WhatsApp nos termos do aplicativo

 

A princípio, os avisos do WhatsApp no início do ano, não ofereciam a opção de recusar os termos. Como resultado, a única alternativa para quem discordasse, seria eliminar a conta do WhatsApp. Em síntese, a notificação afirmava que o WhatsApp passaria a compartilhar dados da interação entre usuários e contas comerciais pelo WhatsApp, com as empresas parceiras do Facebook.

De fato, de modo geral, significa que, nos novos termos, o WhatsApp pode compartilhar com as empresas parceiras do Facebook vários dados. Com efeito, dados como, o número pessoal de telefone, além da marca e modelo, bem como, o número de IP do dispositivo e a empresa de telefonia.

Do mesmo modo, essas mudanças no WhatsApp incluem o compartilhamento de informações como o “online” e “visto por último”. Sobretudo, dados de tempo de uso e atividades dos usuários no aplicativo.

Segundo a administração, essas mudanças no WhatsApp podem aprimorar a interação e comunicação entre usuários e empresas no aplicativo. Dessa forma, é mais ágil e fácil, o contato com uma empresa que se acabou de visualizar em anúncios de redes (Facebook/Instagram).

Quando uma empresa utiliza uma conexão com o WhatsApp, durante uma tratativa de negócios, o usuário compartilha os seus dados nessa interação. Em consequência disso, a empresa pode usar essas informações para gerar anúncios mais relevantes.

Por outro lado, o WhatsApp deixa claro que, a única alteração nos Termos se refere às interações com contas comerciais no aplicativo. Assim, nada mudará para o usuário que, não faz compras pelo aplicativo.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que nessas mudanças do WhatsApp, todos os usuários têm a opção de evitar contato com contas do WhatsApp Business. Basta, remove-las da agenda do celular e bloquear o número no aplicativo.