Carro elétrico purificador do ar! Uma inovação contra a poluição!

À primeira vista, se torna muito visível que os carros elétricos são a aposta fundamental indústria automobilística no mundo. É fato, que o objetivo é oferecer aos consumidores, a menor taxa de poluição, sobretudo, se vier como um carro elétrico purificador do ar. Dessa forma, seria sustentável por completo, economizando energia, além de contribuir para um planeta mais limpo.

O designer Thomas Heatherwick, que desenvolveu o novo projeto do carro elétrico purificador do ar, recentemente, deu uma entrevista a respeito para CNBC, um canal de assinatura da NBCUniversal (EUA) dedicado a notícias de negócios. Segundo ele, o modelo inovador desenvolvido pela montadora chinesa IM Motors, tem previsão de chegar ao mercado em 2023.

Ao mesmo tempo, o carro elétrico purificador do ar será, provavelmente, um rival de respeito aos carros produzidos pela TESLA. Principalmente, pela capacidade de despoluir o ar.

Segundo o designer, o Airo (nome do modelo), virá com portas deslizantes duplas e assentos giratórios, transformando-se em camas e mesas. Porém, o maior diferencial é a possibilidade de purificar o ar utilizando um sistema de filtragem HEPA, acoplado na dianteira do modelo inovador desse carro elétrico purificador do ar.

A implantação inovadora será através de uma tecnologia, que devolve o ar puro para o ambiente, retendo as partículas nocivas através de uma malha. Nesse sentido, será como uma ferramenta para acionamento apenas nas regiões mais poluídas, por detecção através do sistema GPS.

Alguns carros da TESLA já usaram tecnologia semelhante, entretanto, somente para filtrar o ar da cabine dos carros.

 

Questionamentos sobre o carro elétrico purificador

Segundo os especialistas, a execução final do projeto pode ter um custo bastante alto custo, apenas para extrair o conceito do papel. Isso atrapalharia em muito a produção em massa do modelo. Segundo o cofundador da Five Stan Boland (software de carros autônomos), será preciso, o investimento mínimo de US$ 1 bilhão a US$ 3 bilhões, para um carro purificador do ar.

Outros especialistas em consulta pela mídia, afirmam que o carro elétrico purificador do ar, deve sofrer modificações até o seu lançamento final. Segundo um professor da Universidade de Cardiff Peter Wells, tanto o tamanho do carro purificador do ar, como as portas deslizantes, basicamente, não atende à legislação oficial.

Em contrapartida, segundo a Five Stan Boland, dinheiro não será um “problema”, tendo em vista que, a montadora chinesa é formada por investidores como o grupo Alibaba, um grupo de empresas de propriedade privada, com sede em Hangzhou (China). Nesse sentido, a marca Alibaba já foi eleita a terceira marca chinesa com maior presença global, segundo o ranking BrandZ, atrás apenas da Lenovo e Huawei. Um colosso mundial, maior que as potências americanas HP e eBay.

Fontes CNBC