Filme de ficção e suspense! Uma mistura de sucesso certo!

Com efeito, assistir a telinha da TV em casa, é um dos melhores entretenimentos à todas as faixas da população. Além de tudo, é uma das escolhas mais acessíveis e baratas. O fato de poder assistir um bom filme de ficção e suspense, reúne amigos, familiares, até mesmo, sozinho, para desfrutar de um bom filme em companhia das frequentes guloseimas.

Antigamente, antes da invenção da televisão, o cinema foi a maior diversão das famílias, sobretudo, nas primeiras décadas depois do surgimento da TV. No início, nem todas as pessoas tinham recursos financeiros suficientes para comprar um aparelho de TV. Assim, o cinema e suas grandes produções atraiam multidões às salas de cinema.

Entretanto, se focarmos no gênero do suspense, ainda mais atrelado a uma dose de ficção, podemos afirmar que o sucesso no cinema e estrondoso.  O suspense tem a sua origem nas publicações inglesas do século XIX e, notavelmente, nos livros do famoso escritor britânico, Edgar Allan Poe.  Os escritores norte-americanos melhoraram essas publicações incluindo personagens marcantes, sobretudo, os policiais heroicos.

A princípio, em um filme de ficção e suspense, para entender o desfecho, o criador da trama mostra antes, todos os fios iniciais que tecem uma teia de acontecimentos. Dessa forma, se assiste ou, no caso de um livro, se lê primeiro tudo o que irá anteceder ao crime e, como resultado, as revelações só acontecem no final.

De fato, um suspense prende a atenção porque tudo o que acontece nos finais da trama, se liga e se relaciona com o que se apresenta anteriormente. O inesperado e a surpresa atestam o sucesso do gênero,

 

Sugestão de um filme da Netflix de ficção  

Antes de tudo, além de romance, comédia e ação, os filmes de ficção e suspense têm a garantia de espaço no gosto popular. A atração por um filme de ficção e suspense, de forma muito intensa, independe do estilo, seja policial, clássico, drama, terror, inclusive, na forma mais sutil.

Acima de tudo, mexer com a adrenalina, a tensão e a sensação de medo, são requisitos importantes em uma trama, para deixar um espectador intrigado e interessado com o final da história,

O filme Blade Runner 2049, está no catálogo da Netflix, como uma ótima sugestão. Nesse sentido, o filme consegue juntar no mesmo roteiro, ficção científica e o suspense, de forma impressionante e tão eletrizante como no filme original de 1982.

No filme de Ridley Scott, Blade Runner -O Caçador de Andróids, o som e a sensação de se sentir bem naquele mundo, seduzem o expectador, apesar de ser uma Los Angeles cheia de crimes e envolta na neblina de um mundo caótico. Por outro lado, mesmo sendo sequência, esse novo filme segue com algumas ideias do clássico de 1982. Do mesmo modo, parecendo ser um “remake” em certas cenas, essa nova abordagem consegue se apresentar muito inusitada e bastante atraente.

O filme Blade Runner 2049 traz o astro Harrison Ford, que foi o protagonista principal da trama em 1982. O lançamento desse filme em 2017, teve uma ótima aclamação da crítica. Em consequência, teve atuações bem elogiadas, críticas positivas quanto à direção de arte, cenários e ambientação.

O elenco é de grandes atores, encabeçado por Ryan Gosling e Harrison Ford. O roteiro do filme é sobre o descobrimento de um antigo segredo que ameaça o desestabilizar o resto da sociedade e o curso da civilização. Tudo acontece, trinta anos depois do final do primeiro filme.

 

Sobre melhores filmes de suspense   

Primeiramente, podemos ressaltar que na rotina diária da maioria das pessoas, todos dão um toque de suspense nas suas narrativas. Parece que o mesmo que acontece em um filme de ficção e suspense, se repete diariamente, com aqueles que não conseguem resistir a uma dose de suspense, adiando o fim de suas histórias, para prolongar a atenção dos ouvintes. Sob o mesmo ponto de vista, percebemos como o suspense é um requisito indispensável na arte de descrever situações e contar as estórias.

O gênero da ficção e suspense é tão vasto, que precisaríamos de iniciar um livro para caber toda a sua importância com história. Desse modo, podemos apenas citar a indicação de alguns clássicos cinematográficos desse gênero, sob o aval de vários críticos conceituados.

12 Macacos (1995)

Essa trama envolve a viagem no tempo de uma forma inusitada e jamais vista no cinema, até então. Um condenado que vive no futuro, volta ao passado para descobrir a causa de um vírus que quase dizimou a população do planeta. Uma excelente estória, recheada de suspense, no ambiente típico da ficção científica.

 

De Volta ao Futuro (1985)

Definitivamente, o grande diretor Steven Spielberg, conseguiu fazer desse filme de ficção e suspense, um verdadeiro clássico. Por outro lado, De Volta para o Futuro é uma narrativa do amadurecimento para duas gerações, contando-se tudo ao mesmo tempo. E tudo se mostra de maneira simples, que agrada jovens e adultos, sobretudo, quanto ao paradoxo da viagem no tempo.

 

O Exterminador do Futuro (1984)

Primeiramente, essa narrativa se tornou um dos maiores clássicos da ficção no cinema, repleta de muito suspense. O assassino disfarçado de humano, viaja no tempo para matar a mãe do suposto salvador da humanidade num futuro dominado pelas máquinas. Uma saga que ganhou todas as continuações possíveis.

 

Mais sugestões de grandes sucessos da ficção e suspense

Alien (1979)

Com efeito, talvez esta seja uma das maiores referências entre os filmes de ficção e suspense que chegaram ao extremo do medo, inclusive, beirando o terror. Tudo começa com a tripulação encontrando um sinal de vida em um planeta, onde um dos astronautas recebe a ingestão violenta e involuntária de um ser alienígena. Assim, o embrião de um terrível alienígena inteligente e aterrador, não para de crescer e procura matar toda a tripulação. Um thriller fantástico e de grande sucesso no cinema.

 

Gattaca – Experiência Genética (1997)

À primeira vista, o diretor Andrew Niccol tem uma visão sem muitos detalhes, que mostra a ficção e o suspense, retratando a estória de um jovem geneticamente inferior. Do mesmo modo, o personagem central busca a elevação de nível genética través da compra dos genes. Tudo em um clima de suspense envolvendo um certo romance.  Considerado um bom filme nesse gênero.

Metrópolis (1927)  

A princípio, foi um filme criticado pelo padrinho de ficção científica H. G. Wells, entretanto, pela sua visão simples e impressionante, se revelou como um marco e divisor de águas no cinema de ficção científica. Apesar de pouco suspense, o filme retrata a diferença de classes, o romance quase impossível e uma narrativa premiada e conceituada na época. Um verdadeiro clássico da ficção.

Matrix (1999) 

De fato, os diretores irmãos Wachowski se inspiraram em ficção científica, conceitos teológicos e histórias em quadrinhos, criando uma obra-prima nesse filme de ficção e suspense. Se vê um retrato obscuro de uma civilização com forte apego à tecnologia. Nesse sentido, se mostrando como um complexo de máquinas comandando uma realidade virtual e radicalmente sanguinária.

 

Um olhar especial sobre o suspense no cinema

Desde os tempos mais remotos da história humana, a curiosidade é a característica mais inata da personalidade e da prova de emoções do ser humano. Sob esse ponto de vista, é o motivo principal na elaboração das tramas que se vê nos livros, peças de teatro e filmes de suspense. Assim, se tornaram muito populares os filmes de ficção e suspense nas últimas décadas do século XX.

Muitos dos gêneros do cinema como as sagas de aventura, o terror e o policial, procuram incluir o suspense em muitas cenas. Por isso são tão populares, despertando a adrenalina e a emoção dos expectadores. Solucionar os enigmas e resolver os casos ais intrigantes, sempre foi o desafio dos escritores e o que mais atrai o interesse de multidões.

A princípio, é quase que impossível falar de suspense sem citar Alfred Hitchcock, considerado pelos maiores críticos do cinema, como o maior diretor e criador desse gênero. Ele sabia que a tensão é fundamental para o gênero e que, é preciso entender a estrutura da narração como responsável para se criar a tensão, e não o tema central de toda a história.

Depois da era Hitchcock, vieram grandes filmes, principalmente, nas últimas décadas do século XX e início deste século. Como exemplo, podemos citar; O Silêncio dos Inocentes, Louca Obsessão, Seven – Os Sete Pecados Capitais, Onde Os Fracos Não Tem Vez e Ilha do Medo, como alguns dos grandes sucessos de suspense e tensão. Especificamente, em relação aos trabalhos de Alfred Hitchcock, pode-se citar dois clássicos, Os Pássaros e Janela Indiscreta, sobretudo, pela atuação incomparável de grandes atores.

Segundo Umberto Eco, escritor italiano, toda obra de ficção se compõe por um suspense, seja na literatura ou na dramaturgia, porque isso, cria esperanças e medos no expectador que acompanha a história.