Vivo Fibra lança plano de 600 Mb/s!

As operadoras de telefonia móvel, estão sempre inovando e se adaptando ao mercado, mas, sempre focando nas tendências mundiais de comércio e de assistência. A pandemia mundial, não afetou somente pessoas, mas, todo um processo de expansão econômica de produtos, em concordância com a economia vista sob outra ótica de lucros e da razão custo-benefício.
A Vivo promoveu uma reformulação no portfólio da banda larga Vivo Fibra. Também está lançando a velocidade de 600 Mb/s. Todavia, a operadora eliminou o plano de 200 Mb/s e está ofertando uma nova banda larga de 70 Mb/s, mas, a custo mensal mais oneroso.

O plano de 600 Mb/s de alta velocidade que ainda não era disponível, é a maior taxa de transferência e relação às outras velocidades de banda larga, oferecidas no país, essa iniciativa, tomada por uma das grandes operadoras do mercado, deve certamente, ser o alvo escolhido pela operadora, aos usuários mais exigentes e ávidos por rápida conexão.

Informações

As mudanças com relação ao no plano básico, devem, por outro lado, trazer algumas surpresas.
Em fevereiro deste ano, a Vivo chegou a diminuir o valor da banda larga, oferecendo a velocidade de 200 Mb/s por R$ 99 mensais. Somente o pacote de 300 Mb/s continua com o valor antigo (R$129,99 mensais), porém por apenas um ano, para depois ser aumentado para R$ 169,99 mensais.

Novo Portfólio da Vivo Fibra:

Velocidade de download Velocidade de upload Preço mensal

  • 70 Mb/s 35 Mb/s R$ 119,99
  • 300 Mb/s 150 Mb/s R$ 129,99
  • 600 Mb/s 300 Mb/s R$ 299,99

Esses preços se referem pela contratação da banda larga avulsa, sem combo e com telefonia/ TV paga.
Os planos dão acesso aos aplicativos: Estádio TNT, FunKids, Bancah Jornais, Clube de Revistas e Band News; nas velocidades de 300 Mb/s. Para a velocidade de 600 Mb/s há o Paramount+.
A Vivo ainda comercializa planos com Netflix ou Disney+ na velocidade de 300 Mb/s. A contratação do combo é bem acessível financeiramente, aos usuários que assinam plataformas de “streaming”, por um valor menor, em relação à assinatura avulsa dos serviços.