Desaparecida desde 2019, menina de 6 anos é encontrada em quarto secreto

Uma história surpreendente vem ganhando destaque nas redes sociais após um verdadeiro mistério ser revelado. Depois de quase 3 anos, uma menina desaparecida foi misteriosamente encontrada no lugar mais inusitado.

Os políciais do estado de Nova York foram fazer uma busca em uma casa na cidade de Ulster County, após receber algumas informações sobre o paradeiro de Paislee Shultis, uma garotinha que estava desaparecida desde 2019.

Na chegada, o avô paterno da menina, Kirk Shultis, compareceu à polícia. Questionado pelas autoridades, disse não saber o paradeiro da neta. A polícia, no entanto, tinha um mandado de busca para revistar a casa.

Após revistar a casa por cerca de uma hora, os policiais perceberam uma escada estranha, os policiais começaram a retirar algumas tábuas. Viu pezinhos. Era a garota, que estava escondida lá com sua mãe biológica, Kimberly Cooper.

A menina estava em um quarto secreto, frio e úmido, com pouquíssimas condições para sobrevivência. Médicos foram chamados pelos policiais para examinarem o estado de saúde da menina.

Felizmente, ele estava bem, segundo informações divulgadas em comunicado oficial. Paislee foi entregue ao seu tutor legal e se reuniu com sua irmã mais velha.

Kimberly Cooper, Kirk Shultis Jr. e Kirk Shultis foram presos e acusados ​​pelo desaparecimento da menina. O avô e o pai biológico de Paislee foram libertados. Estou aguardando julgamento.

A mãe continua presa porque já tinha um mandado pendente. As investigações devem continuar nos próximos dias, diz a polícia.

Por que Kimberly e Kirk perderam a custódia de sua filha em 2019 não foi revelado, mas Kirk Shultis Jr., segundo uma emissora americana. Carolina do Norte por posse de drogas alguns meses antes de Paislee desaparecer.