AUXÍLIO EMERGENCIAL DE R$ 3 MIL

Jogos de celular para ganhar dinheiro

Saiba se você tem direito ao Auxílio Emergencial retroativo de até R$3 mil?
Auxílio Emergencial retroativo de até R$3 mil será pago a cerca de 500 mil pessoas

Aproximadamente 500.000 pessoas serão cobertas pela segunda rodada de pagamentos retroativos do auxílio emergencial de até R$ 3.000.

Segundo a Secretaria de Cidadania, aproximadamente 1,3 milhão de cidadãos foram elegíveis para o benefício.

Cerca de 823,4 mil pessoas foram beneficiadas com o primeiro pagamento em 13 de janeiro deste ano. Agora, cerca de 500.000 cidadãos devem ser esperados. O valor da parcela retroativa pode chegar a até R$ 3.000.

O desembolso ocorre porque o governo federal não concedeu cotas duplas para pais solteiros chefes de família solteiros durante o período do auxílio emergencial.

Especificamente entre abril e agosto de 2020, enquanto as mães solteiras receberam R$ 1.200,00, os demais receberam R$ 600.

Por isso, pais solteiros na mesma situação também teriam direito a valores em dobro, considerando os critérios pelos quais as mães solteiras eram contempladas.

Dessa forma, o Congresso Nacional estendeu a gratificação aos homens em questão.

Lembre-se que apesar da cessação do auxílio emergencial, o governo está repassando retrospectivamente as parcelas aos chefes de família.

Quem pode receber o Auxílio Emergencial retroativo de até R$3 mil?

De acordo com a Secretaria de Cidadania, os pais solteiros devem atender aos seguintes requisitos para receber o benefício retroativo:

Em abril de 2020, ingressar em família incluída no Bolsa Família;
ter o Cadastro Único (CadÚnico) atualizado;
estar desempregado;
ter renda bruta mensal de até três salários mínimos (R$ 3.636) ou ter renda mensal estável igual ou inferior a meio salário mínimo (R$ 606);
ser solteiro, não ter cônjuge ou companheiro;
receber auxílio emergencial pago entre abril e agosto de 2020; e
Ter na família um menor de 18 anos.

Além disso, informações da Caixa Econômica Federal (CEF) mostram que o valor a ser pago será de R$ 600 (no caso de 1 mês) e R$ 3.000 (no caso de 5 meses).

Você pode recebem o benefício, todos os homens que sejam chefes de família de pais solteiros, ou seja, que não tenham cônjuge, companheiro ou companheira e um dos membros da família seja menor de 18 anos.

Como consultar o Auxílio Emergencial retroativo de até R$3 mil?

Para saber se tem direito ao auxílio emergencial retrospectivo de até R$ 3.000, o trabalhador deve:

Acessar o aplicativo ou site oficial do auxílio emergencial;
O número do CPF, nome completo e informar as mães nome completo;
Caso não saiba o nome da mãe, marque a opção Mãe desconhecida;
A data de nascimento também deve ser informada;
Para verificar as informações, basta clicar em Enviar.

 

Quando o Auxílio Emergencial retroativo de até R$3 mil será pago?

O auxílio emergencial retrospectivo de até R$ 3.000, que é destinado a homens que são pais solteiros, ou seja, não têm cônjuge, companheiro ou companheira, e um dos familiares seja menor de 18 anos, não se aplica nem possui encontro. anunciado para pagamento.