PAULINHA ABELHA: Família já está com exames que podem indicar causa da morte da cantora; saiba principal suspeita

A querida cantora Paulinha Abelha faleceu na madrugada do dia 23 de fevereiro, deixando todo o Brasil de luto. As causas que levaram à morte do cantor tornaram-se um grande mistério.

Os médicos até enviaram exames para um laboratório para tentar descobrir por que Paulina parecia ruim, mas ela morreu antes que os resultados saíssem. Testes que indicam o que poderia ter levado à morte do artista foram recentemente entregues à família.

Antes de morrer, a cantora travou uma dura batalha na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Aracaju, estado de Sergipe, onde morava com o marido, Clevinho Santos.

Paulinha Abelha deu entrada no dia 11 de fevereiro após passar mal. Logo após ser internada, Paulinha foi diagnosticada com insuficiência renal. Repentinamente, a cantora teve uma piora e precisou ser transferida para outro hospital.

No novo local, os médicos relataram que ele estava em estado grave, pois sua saúde progrediu para disfunção hepática e neurológica.

No dia 23 de fevereiro, às 19h26, a equipe de médicos que atende Paulinha anunciou a morte encefálica da cantora. Desde então, a família questionou a unidade de saúde sobre a causa da morte de Paulinha Abelha.

Os primeiros exames que devem revelar a causa da morte de Paulinha Abelha já foram entregues à família. Mas infelizmente, segundo a assessoria de imprensa da Calcinha Preta, o resultado de uma avaliação laboratorial foi inconclusivo.

A família Polinha Abelha não se pronunciou publicamente sobre este assunto. Os médicos que acompanharam o caso disseram que continuariam investigando para chegar a um diagnóstico preciso da causa da morte.

Até lá, algumas hipóteses sobre o que poderia ter causado a morte de Paulinha Abelha estão sendo estudadas. Intoxicação causada por remédios para emagrecer, chás diuréticos e comida podem ter relação.

Fonte radiojornal.ne10.uol.com.br