Jovem de 27 anos recebe uma descarga elétrica de ventilador, tem parada cardíaca e morre em SC

O caso, ocorrido na última sexta-feira (4) na cidade de Tempo, em Santa Catarina, chamou a atenção pela situação que preocupa pelos riscos.

O jovem Daniel Felipe Zapote, 27 anos, morreu de choque elétrico ao instalar um ventilador na casa onde trabalhava. O funeral realizou-se no sábado. Vários familiares e amigos expressaram seus arrependimentos nas redes sociais.

Daniel era um eletricista autônomo que fazia a manutenção da casa em que estava localizado. Enquanto consertava o ventilador, o jovem levou um choque elétrico e acabou caindo da escada.

O Corpo de Bombeiros da cidade chegou a socorrer Zabot e o levou para o pronto-socorro, mas ele teve uma parada cardíaca, não resistiu e morreu na noite daquela sexta.

 

No Facebook, a família Mussarello lamentou o ocorrido. Esta é uma despedida que nunca gostaríamos de ter. Temos a certeza que seu caminho aqui foi intenso e muito bem vivido. Agora começa um novo tempo, a eternidade. Vá com Deus, Dani, publicou o perfil da família Busarello no Facebook.

A prima de Daniel, Cinira Busarello, fez uma postagem sobre a falta que o jovem fará na vida dela e relembrou momentos que viveu com Daniel.

Meu primo, conheço poucas pessoas que aproveitaram a vida como você fez com a sua. Amava e protegia a natureza e os animais com fervor. Te amo, te admiro, Dani. Deus te receba e conforte meus tios, teu irmão e sua namorada, escreveu Cinira.

O caso de Daniel levanta sérias preocupações para os trabalhadores que precisam lidar com a rede elétrica. É sempre importante respeitar as regras de segurança nesses momentos para que o pior não aconteça.