Caso revoltante: Babá queima os pezinhos de um bebê de seis meses porque ficou irritada com o choro dele

A babá teria se irritado com o choro da criança.

Uma mulher que trabalhava como babá foi acusada de cometer um ato inimaginável com um bebê de seis meses.

A babá foi acusada de maus-tratos e não estamos falando de tapas ou beliscões, o caso foi mais grave do que se pode imaginar. Um ato que escapa à nossa compreensão, como alguém pode ser tão frio a ponto de fazer algo assim com uma criança indefesa?

Ismelda Ramos Mendoza tem 36 anos e foi levada sob custódia depois que confessou tudo, ela afirmou ter queimado os pés do bebê apenas porque ficou irritada com o choro da criança. Ismelda era a babá de Ana Flores Guerrero, e queimou os pés da menina em uma frigideira quente porque a criança não parava de chorar.

A mãe da criança só percebeu o que havia acontecido na manhã seguinte, ao ver os pezinhos da filha vermelhos e com bolhas de queimaduras. A mãe chegou a perguntar a Mendoza o que havia acontecido, mas a babá disse que não sabia de nada.

Depois disso, a mãe levou o bebê para o hospital e os médicos informaram ser uma queimadura de segundo grau nos dois pezinhos do bebê.

Quando questionada pelo Departamento de Polícia da cidade de Bladensburg, a babá disse que os pés de Anna haviam tocado uma tortilha quente recém-saída de uma frigideira quente. No entanto, após uma conversa mais profunda com o detetive, ela acabou admitindo que Anna não conseguia parar de chorar por isso queimou os pés da menina na frigideira quente que ela usava para fazer as tortilhas, causando as queimaduras.

A menina foi transferida para o Centro Médico Nacional da Criança para tratar as queimaduras. Ela sofreu muito com as queimaduras, os médicos tiveram até que remover manualmente a pele queimada dos pezinhos dela, todo um processo doloroso de cura e cicatrização, mas ela foi bem tratada e liberada para casa.

Já a babá cruel, Mendoza, foi presa e encaminhada ao Departamento Correcional de Prince George, em Maryland, onde é o seu lugar. Esperamos que ela passe muitos anos na prisão.

Via: historiascomvalor.com