Caso Lara: Polícia analisa imagens e tenta identificar “homem misterioso”

No último sábado (19) o corpo da menina Lara, de 12 anos, foi localizado e reconhecido. A jovem desapareceu na quarta-feira (16) após sair de casa para comprar um refrigerante em um mercado de Campo Limpo Paulista (SP).

Ela até comprou a limonada, mas desapareceu a caminho de casa. Um balconista de mercearia confirmou que Lara estava na instalação.

A polícia está analisando imagens de câmeras de vigilância para tentar identificar o assassino.

De acordo com os responsáveis ​​Delegados em No caso de Rafael Diório, o corpo da jovem foi encontrado em uma mata a 5 quilômetros de onde ela foi vista pela última vez.

Ele também revelou que, pelo estado em que o corpo foi encontrado, tudo indica que Lara foi morta no mesmo dia em que desapareceu. Além disso, seu corpo apresentava sinais de violência.

A tia Laras, Renata de Oliveira Nascimento, explicou que toda a família foi dilacerada pela tragédia que se abateu sobre ela. Todos esperavam encontrar Lara viva.

É muita dor, muito. Meu irmão está arrasado porque ele é o pai, certo? Eu vi essa menina nascer, crescer. Eles foram malvados com ela, diz ela.

De acordo com um relatório do Cidade Alerta, a polícia está analisando imagens de vigilância de uma casa perto de onde a menina foi encontrada.

Segundo relato de moradores da área onde Lara foi encontrada, não foi observada movimentação de pessoas no local, apenas carros teriam passado por ali.

Veja reportagem completa do Cidade Alerta: